quinta-feira, outubro 13, 2005

Literacia ambiental

Um assunto pertinente na nossa actualidade são as questões ambientais, cada vez existem menos recursos naturais, aumenta o efeito estufa, lixiviação, tratamento de residuos sólidos, aumento populacional....... Penso que os Educadores de Infância podem inserir a semente do respeito pelo ambiente nas crianças, pois elas serão o futuro do nosso planeta. Mas como pode alguém dar aquilo que não tem? Se não for incluida a educação ambiental em todos os cursos de educadores de infância, tentando criar alguma literacia ambiental, que vai para além das concepções, valores e conhecimentos individuais.... não sei como transmitir esses conhecimentos às crianças mais pequenas. Será que o problema está na formação de base dos educadores de infancia, que tendo pouca formação nesta área também não sabem trnsmitir e fundamantar os seus conhecimentos? Não seria altura das Universidades repensarem os seus curriculos nnesta área? Isto são dúvidas que me surgem, quando vejo cada vez menos empenho nos educadores de infancia, para tratarem assuntos que deveriam ser obrigatóriamente abordados nas salas, enfim é um desabafo!!! Mas penso, realmente que os assuntos ambientais deveriam ser abordados nos Jardins de Infância, sob uma prespectiva ciêntifica, que vai muito para além das experiências de germinação (muito comuns) ou da observação do estado do tempo. Gostaria de opinões a cerca deste assunto.......

22 Comments:

Blogger verde claro said...

´Ter conhecimentos não é sinónimo de qualidade na educação...mas ajuda.

11:02 da manhã  
Blogger tfct said...

As crianças são o investimento do futuro para a educação ambiental. O blos está mt giro, força e continua.

11:06 da manhã  
Blogger Cidalia said...

Muito bem, muito bem.... só falta uma citação do Dr. Ricardo Vieira

11:16 da manhã  
Blogger zoia said...

E outra do Vilmar Berna!!

11:17 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Parabéns pelo blog!

podias explicar melhor o que é literacia ambiental? talvez num próximo post...

12:15 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Olá
mais um blog a começar? não se esqueça de divulgá-lo nos directórios: http://blogsemportugues.blogs.sapo.pt/
e
http://blog.com.pt/

6:51 da manhã  
Blogger Paralaxe said...

Ó Sr. Anónimo ?
Não sabe o que é literacia ambiental !!??
Literacia -> quer dizer saber ler, saber falar, saber interpretar correctamente textos numa determinada língua.
Ambiental -> quer dizer que tem a ver com o espaço físico onde nos movemos, nomeadamente na chamada "Natureza".
Depois é só fazer as contas (perdão...), a ligação dos dois termos, o que vem a dar :
Literacia Ambiental -> correcto conhecimento dos problemas, das falhas, das incúrias que existem no meio ambiente, bem como das acções que podemos e devemos implementar para podermos viver de bem com a Natureza, e oferecermos aos nossos filhos, netos e bisnetos um mundo melhor para viver, sem levarmos para a tumba mais um peso na consciência...

10:15 da manhã  
Blogger Ana Isabel Godinho said...

Obrigada pela ajuda na clarificação dos termos. Penso que essa é uma das necessidades que mais se verifica actualmente. As pessoas ouvem os termos e não se interessam em saber o que significam, a literacia no nosso país vai mesmo mal! Quando se trata de educação ambiental, então vai mesmo muit mal. Daí a necessidade que eu senti de falar sobre este assunto. Obrigada pela colaboração.

11:13 da manhã  
Blogger Ana Isabel Godinho said...

Obrigada pela ajuda na clarificação dos termos. Penso que essa é uma das necessidades que mais se verifica actualmente. As pessoas ouvem os termos e não se interessam em saber o que significam, a literacia no nosso país vai mesmo mal! Quando se trata de educação ambiental, então vai mesmo muit mal. Daí a necessidade que eu senti de falar sobre este assunto. Obrigada pela colaboração.

11:14 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Muito interessante este assunto,as crianças não são o futuro?
Vale a pena pensar profundamente nestas questões: quem e como estão a ser formados os educadores de infância que estimulam e desenvolvem os nossos filhos, os Homens de amanhã que terão de manter a vida neste planeta,quase nave espacial em que vivemos?
Dá que pensar!!!!

2:48 da tarde  
Blogger Fátima Silva said...

O teu blog está muito giro.
Creio que a tua preocupação sobre a integração da Educação Ambiental, como disciplina curricular, na formação dos educadores é legítima. Muito mais quando é prática comum a desresponsabilização de todos, ficando a amarga sensação de que se continuam a projectar casas, sem preparar devidamente os projectistas face às novas exigências e, sem exagero, urgências do contexto actual em que vivemos.
Todos nós, como cidadãos, temos um papel a desempenhar no âmbito da educação ambiental. No entanto, as universidades, enquanto entidades formadoras tem a responsabilidade de potenciar o conhecimento que possuem os seus investigadores na preparação dos futuros educadores que terão seguramente grande impacto nas comunidades onde se irão inserir.

5:19 da tarde  
Anonymous celina aveiro said...

na minha opinião acho extremamente interessante esta temática ser trabalahda no curso de educação de infancia e posterormente tratada nos Jardins de Infãncia, porque tal como a autora refere as crianças representam o futuro e devemos desde cedo a incentiva-las para que desenvolvam uma política de preservação da natureza. assim, enquanto futuras educadoras devemos contribuir para que s nossas crianças cresçam conscientes dos problemas que existem no seu meio ambiente para que se consciencializem que algo deverá ser feito neste aspecto.

Celina Aveiro

8:42 da manhã  
Anonymous Mria da Luz Santos said...

na minha opinião, a Educação Ambiental é de extrema importancia e a sua abordagem no jardim de infância, junto das crianças é essêncial. como futura Educadora devo felicitar a autora deste blog, pois é muito esclarecedor e apelativo para a temática em questão, pois, realmente, como afirma a autora do texto, as crianças são o futuro do nosso ambiente e é desde pequenos que lhes devemos incutir estas preocupações.

Maria da Luz Santos

8:49 da manhã  
Anonymous verónica canha said...

desde já parabens pelo seu artigo!
na minha opinião acho importante que se fale com as crianças sobre o nosso ambiente e os seus problemas. as crianças devem começar a entender que se deve cuidar da Natureza e tentar não polui-la ou alterar o meio natural, pois o respeito pelos outros também inclui o respeito pelas plantas, animais, etc. os pais e os educadores têm que educar as crianças na consciencialização de que não se pode poluir nem destruir o meio ambiente, visto que o nosso planeta Terra corre o risco de ser destruido pela acção dos seres humanos. como diz o ditado: "de pequenino é que se torce o pepino"

Verónica Canha

8:54 da manhã  
Blogger rgea said...

Concordo que os assuntos ambientais devem ser inseridos nos Jardins de Infância e nos curricula dos educadores. Mas isso não está já a acontecer?

Força!

Rosalina

10:47 da manhã  
Blogger Ana Isabel Godinho said...

Rosalina:

Actualmente, parece estar generalizada a ideia de que a Escola/Universidade não formou adequadamente, em termos ambientais, os cidadãos que se encontram hoje em idade activa, sendo notória a necessidade de preparar as crianças e os jovens no sentido de um desenvolvimento sustentável. Neste aspecto é visível a contradição existente entre os investimentos financeiros feitos na investigação e na formação, que a vários níveis têm sido feitos em termos de Educação Ambiental e os resultados negativos que cada vez mais se verificam no que respeita aos índices de degradação do ambiente, quer em termos nacionais, quer em termos planetários. Parece-me que se está apostar no "cavalo errado", que tal começar-se a pensar numa formação de base, com uma forte componente ambiental para educadores de infância ? Não são eles que ajudarão a construir em cada crianças os comportamentos pró-ambientais do o futuo?

Ana Isabel

2:53 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Quando é que escre mais? Acho as suas ideias muitos interessantes, gostava de ler mais qualquer coisa sua. Já pensou em publicar sobre estas questões?
Teresa

1:23 da tarde  
Blogger Ana Isabel Godinho said...

Nunca tal me passou pela cabeça!
Isto são apenas reflexões...
Mas obrigada pela sugestão...

Ana Isabel

2:30 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Não vou comentar porque já o fiz anteriormente, e estaria a bater novamente na mesma tecla. Só vou fazer uma observação.
Dá para ver que foi o primeiro a ser feito!!Eu comecei a ler do fim para o princípio, mas acho que estás francamente a evoluir e a ficar uma Educadora atenta e alerta às questões do ambiente. Isso é muito bom!!Melhor ainda quando estás a pensar na formação dos futuros Educadores de Infância, e na maneira como estás a intervir junto deles!!
Parabéns!!

8:07 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

A última a escrever fiu eu!!
Carla

8:08 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

ola chamo-me cláudia,estou no 12ºano no Curso tecnologico de Acçao Social...
Tenho um pequeno problema... Eu vou explicar a minha situaçao, para o mes que vem vou estagiar durante 1 mes, com crianças de 3anos e ao longo desse mes tenho de fazer um projecto que esteja relacionado com intervençao social, como a poluiçao por exempo...Mas o que é certo é que eu não tenho muitas ideias e as que tenho, fico com receio que as crianças nao estejam capazes de as perceber...O pior é k eu tenho no final do estagio mostrar esse projecto na PAT para que possa ser avaliada...
Gostaria de ter umas luzes de algo para eu me guiar...se alguem tiver alguma "luz" agradecia muito que me ajudasse...
mail: claudia-inthezone@hotmail.com
muito obrigada

12:39 da tarde  
Blogger vanessa said...

Olá.
Tal como a Cláudia também tenho de realizar uma PAP (Prova de aptidão
profissional), ou seja, um projecto. No meu projecto vou aplicar a importância da educação ambiental na criança.
Se caso alguem tivesse umas informações que me pudesse facultar agradecia imenso.

Um muito obrigada, pela compreensão

Vanessa Mendes
Mail: vanessa13mendes@gmail.com

3:08 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home